Toda a verdade do que parece ser

O tecido adiposo do corpo (lipoma) é um tumor benigno que se forma a partir das células do tecido adiposo. Lipomas subcutâneos únicos são mais comuns, mas também há múltiplos crescimentos de lipomas no tecido subcutâneo e nas fibras musculares. O lipoma é uma doença benigna (com risco mínimo de malignidade) com crescimento lento.

À medida que progride, o wen aumenta de tamanho e nas últimas etapas começa a causar ao paciente algum inconveniente, baseado na localização do tumor, e também quando a doença se dissemina, formando muitos adesivos no corpo, limitando a mobilidade dos membros e causando distúrbios agudos de atividade muscular e suprimento sanguíneo aos tecidos.

Com um aumento significativo do tumor aperta os tecidos circundantes, vasos sanguíneos e terminações nervosas, causando os sintomas clínicos característicos na forma de inchaço, dor, distúrbios de sensibilidade, etc. Por localização de lipomas são divididos em:

  • Subcutânea,
  • Myolipoma (localizado profundamente nos músculos),
  • Perineural (localizado perto dos troncos nervosos),
  • Adenolipomas (tendo células glandulares como parte), etc.

Em 98% dos casos, a forma de wen, por via subcutânea, e com menor frequência, lipomas intermusculares são registrados, os quais estão localizados em tecidos moles profundos. Geralmente, os lipomas são únicos (94% dos casos), menos frequentemente múltiplos. Com distúrbios endócrinos, em pacientes com neurofibromatose, bem como em mulheres, muitas vezes há múltiplas lesões. Por que Wen aparece?

Causas de Wen

As manifestações iniciais da doença são pequenas dores indolores no corpo, cujas causas parecem ser hereditárias, bem como algum fator provocador. Até agora, não há razões precisas para sua formação, a maioria é apenas uma suposição, uma hipótese. Entre os fatores que contribuem para o desenvolvimento de lipomas, estão:

  • Lesões, espremer tecidos
  • Doenças, incluindo hereditárias, associadas a distúrbios do metabolismo da gordura,
  • Diabetes Mellitus
  • Imunidade enfraquecida e ingestão insuficiente de vitaminas e proteínas no corpo,
  • Fumar
  • Exposição à radiação ionizante
  • Idade acima de 40 anos.

Todos esses fatores podem ser considerados como as causas do wen sob a pele, assim como quaisquer órgãos internos. A combinação de um ou vários deles pode agravar o curso da doença, causando rápida progressão e crescimento do wen para tamanhos grandes. No entanto, a predisposição hereditária ainda vem à tona entre as causas de Wen (lipomas).

Ter um parente doente na família aumenta significativamente o risco de formação de lipoma. A opinião de doutores sobre o efeito da nutrição no crescimento de lipomas divide-se, alguns acreditam que o crescimento aumentado de lipomas se influi na nutrição imprópria, obesidade, outros - que nem estilo de vida nem nutrição não afeta a ocorrência e progressão do tecido adiposo.

  • Uma característica de um wen é quando uma pessoa perde peso, o tamanho do lipoma não muda, às vezes até aumenta.
  • O risco de degeneração do lipoma em um tumor maligno existe, mas não é muito alto. Com o crescimento de wen no tecido conjuntivo e muscular, a probabilidade de transformação em câncer aumenta.
  • O lipoma pode se tornar doloroso com o crescimento e afetar as terminações nervosas.
  • O único método de profilaxia é o controle anual de uma neoplasia na pele, tratamento oportuno ao cirurgião.

Sintomas wen sob a pele

Como é um wen? Na fase inicial da doença é assintomática, causando desconforto e deterioração na qualidade de vida do paciente. Por via de regra, o paciente não dá importância ao fato de que há em seu corpo e não tem pressa em consultar um médico sobre isso.

Externamente, o lipoma é uma formação limitada semelhante a um tumor, de consistência macia, não soldada aos tecidos e à pele circundantes. A pele sobre o wen não é alterada e retém sua cor e elasticidade normais.

É importante! A presença de qualquer neoplasia no corpo, incluindo o wen, é uma contra-indicação para a massagem. O massagista simplesmente evita um único lipoma, em caso de impossibilidade de contornar o lipoma (com múltiplos adesivos sobre o corpo, sob a pele), então deve-se recusar a massagear essa área ou completamente da massagem. Isto aplica-se não só à massagem clássica, mas também à enlatada, mel, massagem com pedras. Além disso, durante os cursos de fisioterapia, você também deve informar o médico sobre a presença de um wen sob a pele.

Os chamados ateromas, que são muito semelhantes aos lipomas, são considerados os wen, e apenas um especialista por signos indiretos pode diferenciá-los com precisão:

  • O ateroma é formado em áreas do corpo onde há um grande acúmulo de glândulas sebáceas, e o lipoma é geralmente localizado em locais onde a gordura subcutânea é acumulada.
  • O lipoma não tem sinais de bloqueio da glândula sebácea (ducto excretor), que é observado no ateroma.
  • Ambos os tumores são quase indistinguíveis ao toque, mas o lipoma não está fundido à superfície da pele e é um tumor subcutâneo, e o ateroma é uma parte da pele.

Os lipomas podem ocorrer como formações únicas ou como múltiplas lesões em uma área pequena e limitada da pele. Um lipoma subcutâneo pode estar na forma de um nó de forma limitada, circundado por uma cápsula. Um curso menos favorável do lipoma é caracterizado pela proliferação difusa do tecido adiposo, não limitado à cápsula e ocupando uma grande área. O tamanho dos lipomas varia de um a cinco centímetros ou mais. Casos em que o lipoma tinha mais de 10 centímetros de tamanho foram descritos.

Tumores de grande tamanho durante o crescimento descontrolado começam a formar um quadro clínico característico da doença. A primeira manifestação clínica de um lipoma é uma sensação de desconforto, peso na área do tumor. Sob seu próprio peso, o wen subcutâneo no corpo pode ceder, causando inchaço e estagnação da circulação sanguínea na área afetada.

Em geral, os lipomas não representam uma séria ameaça à saúde, pois são diagnosticados e tratados em tempo hábil. O problema do lipoma é mais na área estética. A presença de um selo sob a pele em áreas abertas do corpo causa desconforto significativo para o paciente e para os outros. Mas não se esqueça das possíveis complicações da doença com tratamento inadequado.

Na ausência de tratamento, o edema prolongado leva à desnutrição dos tecidos, à formação de úlceras e, como resultado, a um foco limitado da necrose da pele. Em um estágio tardio, é um processo irreversível, que é a causa de várias complicações infecciosas, incluindo a sepse.

Diagnóstico de Wen

Se houver suspeita de um lipoma, o volume de testes de diagnóstico é reduzido a uma biópsia do tecido do foco para histologia.

Se necessário, determine o tamanho e os limites do lipoma, assim como em casos de difícil diagnóstico, um exame adicional é indicado (ultrassonografia, raios-X, tomografia computadorizada e ressonância magnética). Por via de regra, estes métodos usam-se para diagnosticar lipomas de órgãos internos, uniões, músculos, etc.

Livrar-se do wen por métodos populares não é apenas inútil, mas também extremamente perigoso. Remova a cápsula do lipoma e não o conteúdo, caso contrário o lipoma aparecerá constantemente. Todos os métodos de tratamento popular com compressas, loções apenas amaciam a camada superior da pele, e inflamação e infecção podem ocorrer. Com o autotratamento, uma cicatriz pode se formar, e é muito difícil para um não-profissional “extrair” o conteúdo de um wen porque é difícil determinar os limites de uma cápsula de wen.

Como se livrar do wen no corpo - tratamento de lipoma

Os tratamentos mais comuns para lipomas são:

  • Aspiração de punção,
  • Correção a laser,
  • O método da cirurgia de ondas de rádio.

Laser Remoção de gengivas adiposas no corpo é um método eficaz amplamente utilizado na prática em modernas clínicas de cirurgia plástica. A vantagem desse método é a rapidez, baixa probabilidade de complicações pós-operatórias e ausência de defeito tecidual no local de retirada do lipoma.

A essência do método reside no efeito direcional da radiação de ondas ultracurtas na área afetada, sob o controle da intensidade e duração da exposição. Assim, a separação camada por camada de tecidos patológicos no foco, sem lesão das estruturas saudáveis ​​circundantes é fornecida.

A indicação para remover um lipoma é um crescimento rápido, a ocorrência de dor de um wen quando cria um defeito cosmético (um wen na face, na cabeça), e também quando interfere nos órgãos e tecidos circundantes.

Para se livrar de um wen no corpo, o segundo método moderno e de alta tecnologia de tratamento de lipomas é remoção de ondas de rádio. Neste caso, a remoção do tecido adiposo é devido à exposição à radiação de ondas de rádio, aquecendo as células gordurosas do tumor. Quando aquecidas a uma temperatura elevada, as células do lipoma são gradualmente separadas da pele e removidas. Este é um método sem impacto de baixo impacto que fornece um efeito anti-séptico adicional na área de operação.

Uso de aspiração por punção O método de remoção do lipoma envolve a introdução de um dispositivo especial em um wender com a subsequente sucção de células adiposas. O procedimento é realizado sob o controle de um endoscópio microvídeo e é mostrado com tamanhos pequenos de lipomas. Ao utilizar este método, a recorrência subsequente da doença é possível, uma vez que existe uma alta probabilidade de preservar resíduos de tecido adiposo patológico na cápsula do lipoma aspirado.

Qualquer um desses métodos é altamente eficaz no tratamento de lipomas. A decisão sobre como remover o wen no corpo, deve ser tomada em conjunto com o seu médico, avaliando todos os benefícios, possíveis complicações e efeitos colaterais do tratamento.

Como se parece e como é perigoso?

Adiposo nas pessoas comuns chamado neoplasia subcutânea, que é um tumor benigno do tecido adiposo. O nome médico para este tipo de tumor é lipoma.

Deve-se notar que o wen sob a pele não pode levar a oncologia, nenhuma tendência à formação de metástases e germinação em outros tecidos do lipoma não foi detectada.

Wen parece um pequeno selo sob a pele, suave ao toque, com pressão pode alterar ligeiramente a localização.

O tamanho do lipoma é normalmente com uma ervilha, no futuro aumentam no volume. Os corantes brancos sob os olhos e nas pálpebras são geralmente muito pequenos, até 2 mm.

A formação de lipomas ocorre nos locais onde há tecido adiposo. Os locais mais comuns de localização são:

Wen por um longo tempo não pode causar transtornos e não se manifesta. Mas você não deve negligenciar o problema. O principal perigo de um lipoma é que ele pode crescer até um tamanho grande e causar não apenas desconforto estético, mas também causar dor., edema (por exemplo, se apertar terminações nervosas ou vasos sanguíneos).

Existem várias conseqüências mais perigosas:

  • Wen nas fibras musculares pode levar a atividade muscular prejudicada,
  • o velho wen pode ser o terreno ideal para patógenos,
  • a auto-remoção do lipoma pode levar à infecção.

Por que aparecer

As causas exatas do aparecimento do lipoma, estabelecidas na ciência médica moderna, não.

De acordo com os resultados da pesquisa, biólogos, genética e médicos identificam as seguintes possíveis causas do aparecimento de Wen:

  • predisposição genética
  • distúrbios no processo metabólico do tecido adiposo, glândulas sebáceas,
  • diabetes mellitus
  • distúrbios do sistema digestivo,
  • perturbações hormonais (ruptura da glândula tiróide),
  • doenças do sistema urinário,
  • demodicose,
  • imunidade enfraquecida, quantidade insuficiente de vitaminas,
  • fumar, abuso de álcool,
  • danos mecânicos a várias partes do corpo, ferimentos.

Cientistas médicos sugerem que a probabilidade do aparecimento de tecido adiposo em humanos é colocada no momento do desenvolvimento embrionário, quando os rudimentos do tecido adiposo entram no corpo, e se houver condições favoráveis, eles se expandem em um tumor.

Os cientistas também identificam vários fatores que desencadeiam interrupções no funcionamento das células do tecido adiposo:

  • estresse severo
  • congelamento
  • queimaduras
  • radiação radioativa
  • manter um estilo de vida sedentário,
  • comida insalubre
  • constipação.

Considere as principais razões para mais detalhes.

Genética (predisposição genética)

Estudos mostram que ter um parente com essa doença na família aumenta significativamente as chances de ter lipomas em outros membros da família.

Especialmente, muitas vezes a patologia é transmitida no nível genético de pais para filhos, independentemente do sexo.

Falhas no metabolismo de células gordurosas

A opinião de que os vencedores são formados apenas em pessoas obesas está errada. Igualmente propenso à formação de lipomas e pessoas que não sofrem de plenitude. No entanto, obesidade e dietas não saudáveis ​​podem ser fatores adicionais da doença.

Quando ocorrem rupturas no processo de metabolismo da gordura, o crescimento de lipoproteínas no sangue aumenta, o que, por sua vez, leva ao entupimento do espaço intercelular, formando placas nos vasos e, em seguida, há um aumento nos depósitos de gordura nas áreas danificadas.

Distúrbios nos órgãos digestivos

Com violações do pâncreas, fígado, intestinos fracassam no trabalho do organismo inteiro. As toxinas acumulam-se, o sangue não se fornece com a quantidade necessária de nutrimentos, há um enfraquecimento geral de todo o organismo. Tudo isso contribui para o acúmulo de toxinas no organismo, que entopem os ductos das glândulas sebáceas, resultando na formação de Wen.

É extremamente importante o diagnóstico e tratamento oportunos desta doença, que é uma lesão parasitária da pele. Devido à doença, as glândulas sebáceas estão entupidas e podem ser formadas.

Prevenção

Tirando conclusões das razões acima descritas para o aparecimento de Wen, pode-se dizer que muitas delas são incontroláveis ​​pelo homem, ou seja, é impossível sugerir medidas específicas para a prevenção da doença.

No entanto, para reduzir a probabilidade de ocorrência, você deve seguir as seguintes regras:

  • nutrição adequada
  • estilo de vida ativo, esportes,
  • evitar lesões, hipotermia, queimaduras,
  • enquanto reduz a imunidade, tome complexos vitamínicos,
  • eliminar a auto-remoção de acne, cravos e limas,
  • Se alguma neoplasia aparecer no corpo, entre em contato com o especialista imediatamente.

Há também uma hipótese de que o uso de drogas - estatinas podem reduzir a concentração de frações gordurosas no sangue e prevenir o aparecimento de gordura, ou retardar seu crescimento.

Antes de usar os medicamentos, é imperativo consultar um especialista.

Com o conhecimento das causas de Wen, você pode determinar se está em risco. Conhecendo a sua predisposição para esta doença, é importante aderir às regras de um estilo de vida saudável. Se um lipoma já se formou, então você não deve se automedicar, consultar um especialista, se necessário, ele irá ajudá-lo a se livrar da educação indesejada no corpo.

O que é um lipoma?

Em pessoas comuns também é chamado de wen. E esta é a definição mais precisa da doença. O lipoma é uma lesão benigna em locais de camadas adiposas, semelhante a um nódulo elástico. Não causa muito desconforto, embora aumente de tamanho.

No entanto, há casos em que a flora patogênica começa a se desenvolver dentro do lipoma, levando a doenças mais graves. Portanto, o tratamento desta doença não deve ser atrasado. Além disso, a educação tem uma aparência não-estética e muitas vezes estraga a aparência de uma pessoa.

Tal wen pode aparecer absolutamente em qualquer lugar - nas costas, peito, ombros, face e glândula mamária. Ele possui bordas claras e sua forma não muda quando pressionada.

O lipoma às vezes ocorre nos órgãos internos, interrompendo sua operação normal. Este fenômeno é mais perigoso que as formações cutâneas.

A composição interna dos lipomas é dividida em:

  1. Myolipoma - composto por células musculares.
  2. Angiolipomas - contêm vasos sanguíneos.
  3. Fibrolipomas são formados a partir do tecido conjuntivo.
  4. Mixolipomas - contêm muco.

Apenas um médico pode diagnosticar a doença corretamente. Portanto, não adie a visita para ele. Afinal, uma simples compactação inofensiva pode não ser um tumor maligno, mas sim um tumor maligno.

Lipoma: causas da doença

Dizer exatamente por que o Wen aparece é difícil. Muito provavelmente - devido ao metabolismo prejudicado nas camadas gordurosas. Como resultado, ocorre o acúmulo de células adiposas e sua proliferação adicional.

Se você ignorar a doença, logo essas estruturas se tornarão de tamanho enorme e isso não será mais apenas um problema cosmético.

As causas do Wen (lipomas) podem ocorrer da seguinte forma:

  • Interrupções hormonais no corpo.
  • Metabolismo perturbado.
  • Comida errada e insalubre.
  • Doenças do fígado, rins.
  • Hereditariedade genética.
  • Mau funcionamento do pâncreas, tireóide e vesícula biliar.
  • Abuso de álcool.
  • Diabetes
  • Cirurgia de aumento de mama.

A razão para a formação de um lipoma também pode estar escondida em baixa atividade física, estilo de vida sedentário.

Wen são igualmente comuns em adultos e crianças. A diagnóstica oportuna e o tratamento salvarão uma pessoa de complicações possíveis.

O mecanismo da formação de lipomas

Existem dois mecanismos principais para a formação de lipomas.

O primeiro mecanismo é o mais reconhecido no mundo e é confirmado por numerosos estudos nesta área. Consiste no crescimento de um lipoma como tumor. Em outras palavras, as células adiposas que compõem essa formação são clones de uma única célula cambial, da qual toda a população surge subseqüentemente. A estrutura lobular da maioria dos lipomas profundos, bem como a detecção de células mitóticas especializadas (celular) atividade.

O segundo mecanismo de formação dos lipomas está associado a uma violação do fluxo de saída das glândulas sebáceas e, como resultado, ao acúmulo de tecido adiposo no lúmen expandido da própria glândula. Tais lipomas são frequentemente localizados superficialmente e não possuem estrutura lobular. Sua localização mais frequente nos locais de acúmulo de glândulas sebáceas, o que também argumenta a favor deste mecanismo.

Diagnóstico de lipomas

Como o lipoma é quase o único tumor mole indolor que cresce subcutaneamente e não causa alterações secundárias, seu diagnóstico não apresenta muita dificuldade. Algum significado indireto é a detecção no sangue de grandes indicadores de colesterol, triacilgliceróis, beta-lipoproteínas e lipoproteínas de baixa densidade. No entanto, os lipomas são bastante comuns no contexto de níveis normais de gordura no sangue.

Estudos instrumentais no diagnóstico destes tumores são feitos apenas no caso de um quadro clínico misturado com outras doenças mais perigosas. Freqüentemente utilizado ultra-som permite determinar a estrutura da formação, seu tamanho exato, profundidade e, por vezes, até mesmo a comunicação com os tecidos circundantes. Quando o lipoma está localizado sob a cápsula do órgão parenquimatoso usando ultrassom, apenas medindo seu tamanho e determinando a estrutura está disponível.

Após determinar a presença de formação tumoral na cavidade abdominal, localizada próxima ao fígado ou rins, torna-se necessário determinar sua natureza. No decorrer do diagnóstico, a regra da exclusão no início das patologias mais perigosas, como tumores malignos, aneurismas da aorta, cistos parasitários, etc., é sempre utilizada, assim, o lipoma dos órgãos abdominais é um diagnóstico de exclusão.

Para excluir hepatocarcinoma e carcinoma de células renais, são realizados testes para determinar os marcadores tumorais correspondentes. A exclusão de um cisto equinocócico é mais complexa tecnicamente e requer pesquisas mais caras, como a tomografia computadorizada (preferencialmente combinado com contraste vascular) e ressonância magnética.

A tomografia computadorizada permite estimar o tamanho do tumor, seu conteúdo, a conexão com os órgãos circundantes e até estimar aproximadamente a densidade do tumor e assumir em qual substância ele consiste. Com o contraste vascular, é possível determinar a vascularização do tumor. Um dos sinais de malignidade do tumor é uma alta concentração de vasos sanguíneos. O lipoma é um tumor benigno e não contém vasos sanguíneos, no entanto, o angiolipoma pode contê-los, o que dificulta o processo de diagnóstico.

A ressonância magnética é a pesquisa mais precisa que existe hoje. Suas vantagens incluem uma visualização mais clara dos tecidos moles, a capacidade de avaliar a resposta dos linfonodos regionais, absoluta inocuidade para o paciente, etc.

Qual médico entrar em contato?

Quando os lipomas hipodérmicos superficiais precisam primeiro entrar em contato com um oncologista. Na ausência deste especialista na clínica, você pode contatar o cirurgião para aconselhamento.

Nos lipomas profundos, os pacientes se queixam de dor na projeção de órgãos nos quais o tumor exerce pressão. Assim, em primeiro lugar, o paciente deve procurar aconselhamento do médico local, clínico geral, gastrólogo, hepatologista, nefrologista e cirurgião.

Preciso de uma biópsia e um estudo morfológico do lipoma?

Não confunda o estudo morfológico com uma biópsia. A biópsia é um método de coleta de tecidos suspeitos e o estudo morfológico é exclusivamente um procedimento laboratorial que visa determinar o tipo de células presentes na biópsia.

Um estudo morfológico de um tumor é indispensável, já que é o único método para determinar com precisão sua natureza. Nos protocolos de diagnóstico de tumores, o exame morfológico é o padrão ouro. No entanto, mais frequentemente é realizado após a remoção do tumor com o objetivo de confirmação final do diagnóstico. Se o tumor é benigno, o tratamento termina aí. Se um tumor é maligno, é obrigatório, com base em seu tipo, passar por vários cursos de radioterapia ou quimioterapia para destruir as células tumorais que permanecem no corpo.

A situação é diferente com a biópsia. Entre os cirurgiões, existem algumas diferenças em relação à viabilidade de realizar este procedimento diagnóstico. Além disso, a razão para o desacordo não está no método de realizar o procedimento ou nas indicações para ele, mas na organização da coordenação do trabalho do laboratório e do hospital. Em outras palavras, é extremamente importante que não passe mais de um dia a partir do momento da biópsia até a obtenção do resultado.

A biópsia envolve a remoção de uma parte específica do tumor. Após a remoção, permanece uma pequena ferida aberta na qual as células tumorais caem e são transportadas pela corrente sanguínea por todo o corpo. Se o tumor é benigno, a disseminação de suas células não causa nenhum dano. Se o tumor é maligno, então a cada hora mais e mais células cancerosas se espalham pelo corpo, aumentando a probabilidade de crescimento de metástase após a remoção cirúrgica do foco principal. Portanto, em clínicas avançadas, uma biópsia é realizada imediatamente antes da operação e seu resultado é declarado ao cirurgião por várias horas. Com base no resultado, o cirurgião decide se vale a pena operar o paciente e, em caso afirmativo, qual deve ser o volume da operação. Este esquema é o mais correto em termos da metodologia de oncologia.

Em hospitais mais remotos, onde as amostras de biópsia devem ser enviadas para grandes centros médicos, o tempo para obter resultados aumenta significativamente e às vezes chega a 1 a 2 semanas. Em tais condições, não faz sentido esperar pelo resultado da biópsia, já que durante esse tempo é quase garantido que o tumor se espalhará pelo corpo e o paciente não terá esperança de recuperação. Acontece que a biópsia realizada antes da operação não faz sentido. Assim, não sendo capaz de determinar rapidamente a natureza do tumor, os cirurgiões são forçados a operar pacientes com “reserva”, ou seja, removendo mais tecido do que o próprio tumor, a fim de minimizar o número de células residuais. Além disso, os médicos que operam removem os gânglios linfáticos regionais, mesmo que estes não apresentem sinais de inflamação. Em seguida, o próprio tumor ou parte dele é enviado para exame histológico, cujos resultados determinam as táticas de outras ações. Esse método é mais traumático para o paciente, mas sua eficácia é igual à primeira.

Quando é a cirurgia para remover o lipoma?

A remoção cirúrgica de lipomas pode ser realizada a pedido do paciente, bem como indicações relativas e absolutas. A pedido do paciente, os lipomas subcutâneos são frequentemente removidos, causando um certo defeito estético. Indicações relativas para a remoção do lipoma implicam uma certa disfunção de um ou outro órgão sob a influência de um lipoma. Na maioria das vezes, essa condição não ameaça a vida do paciente, mas traz certos inconvenientes. Leituras absolutas sugerem uma ameaça direta à vida do paciente.

As indicações relativas para a remoção do lipoma são:

  • compressão do nervo e dor persistente causada por este
  • localização sob a cápsula do órgão parenquimatoso,
  • trauma tumoral permanente,
  • obstrução do influxo ou fluxo de sangue de uma parte específica do corpo.

Indicações absolutas para remoção do lipoma são:

  • lipoma intracraniano, comprimindo as estruturas vitais do cérebro,
  • a ameaça de ruptura do lipoma na cavidade abdominal ou espaço retroperitoneal,
  • lipoma, que impede a circulação do líquido cefalorraquidiano,
  • lipoma intracardíaco com insuficiência cardíaca grave, arritmias ou bloqueios.
O propósito de remover um lipoma é eliminar todas as células tumorais e, consequentemente, os sintomas de compressão de certas estruturas.

Técnica de cirurgia lipoma

A cirurgia para remover lipomas superficiais é realizada com anestesia local e geral. A escolha do método de anestesia é realizada dependendo da localização do tumor, seu tamanho, doenças associadas e a idade do paciente. Dentro de alguns dias antes da operação, é necessário normalizar o nível de glicose no sangue, eletrólitos, bem como normalizar a pressão arterial. Se o paciente tem uma deficiência de certos componentes do sangue ou fatores de coagulação, eles são reabastecidos.

Antes da operação, é realizado um teste de tolerância alérgica do agente anestésico. Se o teste for positivo, a droga usada deve ser trocada ou até mesmo o tipo de anestesia deve ser revisado. Além disso, um único antibiótico de amplo espectro é usado para prevenir complicações pós-operatórias. Raspar o campo cirúrgico é realizado sem o uso de sabonetes e produtos de barbear, isto é, na pele seca. Este detalhe é extremamente importante porque evita a irritação da pele após o barbear, e a irritação da pele com a aparência de pelo menos um abscesso é uma indicação direta para a transferência da operação.

Colocando o paciente na mesa de operação em uma posição onde o acesso ao lipoma será possível de pelo menos dois lados, o campo cirúrgico é limitado e processado alternadamente com soluções de álcool e iodo. Neste momento, o anestesiologista realiza anestesia. A primeira incisão é feita somente após a qualidade da anestesia ser considerada satisfatória. Realizada dissecção em camadas de tecidos. Na vizinhança da cápsula, eles trabalham principalmente com o lado de trás, cego do bisturi e grampos, a fim de preservar a sua integridade. Por via de regra, a cápsula de lipoma separa-se facilmente e só em alguns lugares solda-se firmemente aos tecidos circundantes. Após a remoção do lipoma juntamente com a cápsula, a ferida é tratada com anti-sépticos e suturada em camadas, mantendo a topografia dos tecidos. A drenagem é deixada na ferida, pelo que nos primeiros dias após a operação o ichorismo é separado. Na presença de sinais de sucesso na cicatrização de feridas, a drenagem é removida. Os pontos são removidos no final da segunda semana. A reabilitação completa ocorre em média em um mês.

Complicações durante a operação podem ocorrer quando a cápsula foi inicialmente deformada e o tecido adiposo irrompeu no espaço circundante. Com o tempo, ela se infiltrou nos músculos e tendões próximos, cercando vasos e nervos. Na abertura de tal lipoma, a visibilidade é severamente limitada, e os vasos, nervos, músculos e tendões estão amarrados juntos em um nó através de numerosas adesões. Em tais condições, é extremamente simples atravessar acidentalmente um nervo ou vaso sangüíneo com o desenvolvimento das complicações correspondentes. Além disso, mesmo após a limpeza perfeita da ferida e a remoção completa do tecido adiposo, existe uma alta probabilidade de que, após um certo tempo, um lipoma se forme novamente no mesmo local. Isso se deve ao fato de que uma pequena parte das células foi preservada entre as fibras dos tendões e dos músculos e retomou o crescimento do tumor.

Profilaxia Lipo

Como pode ser visto a partir da patogênese da doença, o desenvolvimento de lipomas nem sempre é o resultado de ações impróprias da própria pessoa. Uma porcentagem bastante grande desses tumores se desenvolve devido à predisposição genética e não pode ser arbitrariamente controlada. No entanto, a nutrição adequada e a atividade física suficiente reduzirão definitivamente a probabilidade dessa formação de tumor, se ninguém tiver lipomas no gênero do paciente.

Além disso, há um grupo de medicamentos chamados estatinas, que é projetado para reduzir a concentração de frações gordurosas no sangue e, assim, prevenir complicações da aterosclerose. As drogas mais famosas desse grupo são sinvastatina e atorvastatina. Acredita-se que indiretamente possam impedir a formação de lipomas ou retardar seu crescimento, mas não há evidências científicas para essa hipótese. O uso independente desses medicamentos pode levar a distúrbios metabólicos irreversíveis, por isso é altamente recomendável consultar seu médico de família sobre a adequação de seu uso.

É importante detectar atempadamente e curar uma doença de pele parasitária como a demodicose, uma vez que conduz ao bloqueio das glândulas sebáceas e ao desenvolvimento do tecido adiposo. Em períodos de imunidade enfraquecida, recomenda-se tomar uma variedade de multivitaminas.

Proteger a pele e as glândulas localizadas nela contra vários fatores adversos, como lesões, hipotermia, queimaduras térmicas e químicas, etc., tem um papel importante, pois a higiene da pele também é importante porque reduz a probabilidade de furúnculos dos quais os lipomas podem se formar posteriormente.

Sintomas da doença

Na maioria das vezes, aparecem em locais onde há acúmulo de gordura. No início, eles se assemelham a uma pequena vedação macia, que pode ser sentida de forma independente. O selo cresce lentamente, no entanto, se você ignorá-lo, atinge e excede consideravelmente o tamanho de uma maçã!

Selos aparentes na pele não são acompanhados de dor, em contraste com o wen nos órgãos internos. O principal problema dos lipomas cutâneos é uma aparência estética.

Se o lipoma é formado nos órgãos internos, ele interrompe seu trabalho. Como resultado, o paciente apresenta náuseas, vômitos, dores de cabeça, aumento da pressão, falta de apetite, perda de peso, desconforto nos locais das focas. Neste caso, os sintomas dependerão diretamente do órgão afetado.

As causas dos lipomas, embora não sejam totalmente compreendidas, devem ser alarmantes. Uma pessoa deve responder imediatamente a quaisquer focas e neoplasias em seu corpo, a fim de evitar o desenvolvimento de câncer.

Diagnóstico

Dados todos os sintomas acima, não é tão difícil diagnosticar um lipoma. Se um selo é sentido sob a pele que tem limites, é um wen. No entanto, para dissipar todas as dúvidas, você deve visitar um médico. Esses selos também podem indicar inflamação dos gânglios linfáticos ou a formação de tumores malignos.

O especialista, além da inspeção visual, prescreverá exames complementares - ultrassonografia, tomografia computadorizada, radiografia. Em alguns casos, biópsias e citologias de lipomas podem ser realizadas. Se o wen foi formado na glândula mamária, a análise obrigatória é mamografia. Afinal, a glândula mamária é muito suscetível a todos os tipos de selos benignos e malignos.

Os lipomas podem ter causas diferentes e o método de tratamento é sempre o mesmo - operativo. Embora os adolescentes não sejam fatais, eles exigem remoção cirúrgica imediata, especialmente os internos.

Métodos de tratamento lipoma

Existem várias maneiras de remover Wen:

  1. Cirúrgico O principal método radical. Fácil de usar - um corte é feito acima do wen, após o qual é removido. As vantagens deste método são a ausência de recorrência da doença. Contras - permanece uma cicatriz "na memória". Portanto, esse método raramente é usado para remover lipomas no rosto, pescoço.
  2. Laser Remoção de lipomas por laser sob anestesia local. A cicatriz depois de tal manipulação é quase imperceptível.
  3. Minimamente invasivo. Semelhante ao método cirúrgico. A única diferença é que os cortes são feitos em tamanhos mínimos. Como resultado, as cicatrizes são quase invisíveis.
  4. Lipoaspiração Suavizando e “sugando” o wen com uma agulha especial. Cicatrizes e cicatrizes são deixadas. No entanto, há chances de re-formação de limes.

Uma doença como "lipoma" pode ter razões muito diferentes e, o mais importante, não ser completamente estudada pela medicina. Mas, como qualquer doença, é melhor prevenir o aparecimento de Wen do que remediar.

Maneiras populares

Os métodos tradicionais do tratamento de lipomas podem usar-se como adicionais. A principal recomendação é levar um estilo de vida correto e saudável. Então, se houvesse um lipoma nas costas, as razões deveriam ser procuradas em condições de trabalho difíceis. Wen nas costas são mais propensos a serem carregadores que colocam essa parte do corpo sob constante estresse. Portanto, a principal decisão para eles será um trabalho mais fácil.

Um bom remédio para o tratamento de lipomas é a tintura de limão com alho. Este bálsamo limpa os vasos e as glândulas entupidas. O Kombucha tem um efeito benéfico, que reduz os níveis de colesterol e remove as toxinas do corpo.

Muitas vezes aparece um lipoma no braço, cujas causas podem estar escondidas no bloqueio das glândulas sebáceas. Além de decocções e tinturas, as compressas funcionam bem nesses locais.

  1. Compressa de mel e álcool (2: 1). A mistura resultante é esfregada no selo várias vezes ao dia.
  2. Comprimir de cebolas e sabonetes. Cebolas assadas misturadas com uma colher de sopa de sabão, ralado em um ralador. Compactar impor no wen três a quatro vezes por dia.
  3. E, claro, uma compressa de Kalanchoe. Aplique fatias de folhas ao lipoma, prendendo a compressa com um curativo. Mudança de bandagem durante o dia.

Não se esqueça de uma nutrição adequada. Minimizar o uso de álcool e nicotina, bem como produtos com conservantes.

Complicações da doença

Lipoma - gordura corporal sob a pele, o que em si não é tão assustador. No entanto, se levarmos em conta que a causa do lipoma pode ser diferente (incluindo um distúrbio metabólico e insuficiência hormonal), o tratamento desta ferida deve ser considerado imediatamente.

Há casos em que um indivíduo simples e inofensivo se transforma em câncer. Isso acontece quando o lipoma é encapsulado e a flora patológica se desenvolve dentro dele. A educação é ignorada pelo paciente e não é tratada e, como resultado, o diagnóstico - “lipossarcoma” - é um tumor maligno constituído por células que podem degenerar a partir de depósitos de gordura.

O fato de o wen inflamar, indica:

  • Vermelhidão, dor.
  • Aumento acentuado no tamanho.
  • Encher o lipoma com fluido.

Nesses casos, você deve entrar em contato imediatamente com um especialista para obter mais diagnóstico e tratamento. Lembre-se, a detecção oportuna de câncer é de 50% do tratamento bem-sucedido! É ainda mais fácil fazer uma remoção radical do lipoma e não levar seu corpo a tumores malignos.

Educação de lipomas em crianças

Muitas vezes, esta doença ocorre em crianças pequenas. Não constitui um perigo se não crescer em tamanho e não tiver supurações. O principal local onde o lipoma aparece é na cabeça. As causas da doença não são claras. Portanto, a criança deve mostrar um especialista e fazer os exames necessários para excluir tumores malignos.

O tratamento da doença é produzido principalmente por cirurgia. Não se auto-medicar.

Outras doenças complexas são semelhantes nos sintomas do lipoma:

  1. Linfadenite. Esta é uma inflamação dos gânglios linfáticos. Assemelha-se a pequenos inchaços, que geralmente estão localizados atrás das orelhas. A doença desenvolve-se no contexto de processos contagiosos no corpo.
  2. Caxumba ou caxumba epidérmica. A doença é caracterizada por febre, calafrios e fraqueza. Bem como a formação de cones devido à inflamação das glândulas salivares atrás das orelhas. A caxumba é perigosa porque causa sérios problemas de saúde. Portanto, com o tratamento da doença, o tempo não vale a pena.
  3. Uma fístula é um canal patológico entre a aurícula e outro órgão (pescoço, garganta). A doença é congênita. Não incomoda a criança, mas requer atenção especial, pois pode causar inflamação.
  4. Cistos Acompanhada pelo aparecimento de cones no pescoço e na cabeça, como resultado de inflamação e supuração nos cistos. Essas formações são um defeito fetal que ocorre em cinco por cento das crianças. O tratamento deve ser realizado imediatamente.

De qualquer forma, qualquer educação sobre o corpo em crianças deve ser examinada por um médico. O próprio especialista decide se são assustadores para a criança ou não. Se necessário, prescreva o tratamento. Em nenhum caso, não pode se auto-medicar. Então você só pode provocar uma recaída da doença.

Conclusão

Lipoma - formação de gordura sob a pele, que por enquanto não tem nada a ver com um tumor maligno. Um lugar comum para o surgimento de Wen são os braços, pernas e costas. Quando um lipoma aparece no pé, as causas devem ser procuradas em distúrbios hormonais, bem como no estilo de vida errado. Ecologia contaminada, produtos com aditivos químicos e colesterol também são a causa de Wen. A melhor prevenção é uma nutrição adequada e um modo de vida móvel.

Assista ao vídeo: Amor de Verdade - MC Kekel e MC Rita KondZilla (Setembro 2019).